Lyrics to Porquê
Porquê Video:
Disse-me o vento que vinha
De bandas não sei de onde
Disse-me o vento que vinha
De bandas não sei de onde

Que procurou mas não tinha
Ideia onde se esconde
Essa paixão que minha
E ao grito meu não responde

Pontes e vales corridos
Recantos do fim do mundo
Pontes e vales corridos
Recantos do fim do mundo

Tão distantes e escondidos
Tudo em silêncio profundo
E estes meus cinco sentidos
Gemendo a cada segundo

De noite foge da lua
De dia o sol não te vê
De noite foge da lua
De dia o sol não te vê

Não há ninguém que possua
A razão deste porquê
E o meu viver continua
A estar à tua mercê

Sei que existes porque existes
E porque foste verdade
Sei que existes porque existes
E porque foste verdade

E com verdade resistes
A esta grande saudade
Alegra os meus olhos tristes
E volta, faz-me a vontade
Songwriters:
Publisher:
Powered by LyricFind